sábado, novembro 08, 2008

OBAMA E O OBA-OBA

Abobrinhas ideológicas

Nosso instinto nos leva quase sempre a duvidar de unanimidades. Em política, cujas manobras e negociatas de bastidores marcam o ritmo do que segue encenado no palco, temos ainda mais razões para desconfiar do clamor unanimista. Assim, vamos deixar logo claro: NÃO ACREDITAMOS no bom mocismo desse tal de OBAMA. A mídia brasileira e global é uma adoração só. Usam o apelo racial, a ojeriza que realmente as ações sórdidas dos republicanos causam no mundo para vender Obama como a salvação da américa e da humanidade. Obama? We can't believe it! Chega de oba-oba! Há braços! alan

4 comentários:

Anônimo disse...

De qualquer modo, meu velho, gosto da idéia de que será aquela bonita família que estará confortavelmente instalada naquela casa tão branca... pelo menos eles sabem sorrir, não é mesmo ?!
Não sei se ele escreveu os discursos, mas eles são pérolas... leia-os e verá!
Um abração
do amigo Oz.

( Mande-me o endereço do BOCA, não consegui acessá-lo.)

Alan Oliveira Machado disse...

O problema é que o oba-oba superlativiza demais e acaba gerando espectativas sobrenaturais. Pessoalmente, penso que Obama é um vencedor, um orador de primeira e que escreve muito bem. A oratória dele e seus textos, segundo fontes mais seguras, nã é produto de ghost writer. O que é louvável. Agora, o político Obama, não sei não...

Érika Siqueira disse...

Professorrr Alan "Ecologico".. hhehehe
Gostei do seu Blog..
Não é nada meloso como o meu, mas muito interessante!!!
um abraço!!

mariluce disse...

Oi. Alan,faz tampo tempo!Que bom ver voce escrevendo cada vez melhor.Sou A Mariluce Dourado (sou de Ibotirama-Ba)morei na CEU também . Hoje moro em Brasilia. Lembra ???
marilucedourado@bol.com.br